E foi assim, após 55 anos de fundação,

Fizemos nossa primeira reunião online.

     

A história de um clube rotário é sempre muito rica, envolve paixão, compreensão, comprometimento, amor ao próximo, disposição e disponibilidade para ajudar.

O Rotary de Itaúna, para aqueles que conhecem a história de nosso clube e principalmente para aqueles que tiveram a honra de escuta-la pessoalmente de nosso Companheiro Governador Guaracy de Castro Nogueira, demorou quase 02 anos para ser aceito pelo Rotary International. A correspondência tramitava à época lentamente por correios. O envio para os Estados Unidos era demorado e dispendioso.

Nas palavras de nosso Governador Guaracy, em seu texto sobre a história de fundação do Rotary de Itaúna, podemos rememorar o passado e imaginar-nos à época:

 

Corria o ano de 1963, já no mês de junho. Precisamente, 20 de junho de 1963, final do ano rotário 1962/1963. O Rotary Club de Divinópolis, fundado em 1956, já com 7 anos queria expandir na região, ter um afilhado. Fez-se a primeira reunião no Grande Hotel de Itaúna. [...]

Os papéis foram preenchidos, com a data da primeira reunião e organizado o Conselho Diretor Provisório. [...]

Fez-se o cheque de 100 dólares para pagamento da taxa de admissão em Rotary International e decidiu-se que a reunião semanal seria às sextas-feiras, às 19 horas, no Automóvel Clube de Itaúna. [...]

Passou-se um ano sem notícias do Rotary International, apesar da visita oficial do Governador Cláudio Martins Senra (63/64), que recebeu aqui memorável manifestação de apreço. Na oportunidade, prometeu tomar as providências necessárias e, de fato, logo em seguida, chegou correspondência de R.I., baixando nosso pedido de admissão em diligência para cumprir uma série de requisitos.

 

 

Rotary exigiu nova lista de sócios com os respectivos endereços, classificações, o que foi feito e remetido no dia 27 de maio de 1964, já um pouco diferente da inicial, pois na primeira havia excesso de algumas classificações. [...]

Muita troca de correspondência ocorreu até que se esclarecesse tudo. A última foi de 16 de novembro de 1964, quando foram clareados pontos que estavam sendo questionados por Rotary International. Não havia escritório do Rotary no Brasil e as comunicações eram diretas com os Estados Unidos. [...]

Mesmo assim nossa admissão definitiva só ocorreu em 17 de abril de 1965, quando já era Governador João Luíz Alves Valadão, no final do segundo mandato do Companheiro Godofredo Gonçalves de Sousa, um ano, nove meses e vinte e sete dias depois de criado o Clube. (g.n.)

 

E foi assim, após 55 anos de fundação, fizemos nossa primeira reunião online no dia 26 de março de 2.020 às 19:30 horas.

Quem imaginaria, nos idos de 1963 (quando da primeira reunião de fundação) a 1965 (quando da admissão definitiva em Rotary International), como o mundo se transformaria e a qual velocidade de transmissão e transferência de dados e informações chegaríamos.

Das correspondências via correios existentes na década de 1960, aos formulários online preenchidos através do My Rotary. Quanta mudança!

Se alguns companheiros de clube já me relataram que a existência dos primeiros aparelhos de fac-símile ou simplesmente “fax” já modernizaram a comunicação com o Rotary International, não se poderia imaginar do que a internet e os smartphones seriam capazes.

Não se pode deixar de registrar que nossas reuniões estão suspensas em razão da pandemia de coronavírus – Covid 19. Muitos de nós estamos em isolamento domiciliar domiciliar/quarentena para tentar minimizar a disseminação do vírus e “achatar a curva de transmissão” da doença. Outros companheiros, muitos deles profissionais da área de saúde, estão laborando diuturnamente para amenizar as consequências da pandemia.

Não iremos adentrar nas consequências isolamento social versus derrocada da economia. Não é este o interesse do texto, apesar de reconhecermos que a pandemia trará efeitos não apenas na área de saúde, mas na sociedade como um todo: desemprego, desabastecimento, redução da demanda de serviços, fechamento de pontos de comércio, etc. Mas em algum momento teremos que equacionar isolamento e produtividade.

Espero em Deus que nossos governantes e experts da área de saúde saibam como faze-lo da melhor forma possível, visando os menores impactos e danos.

Mas voltemos ao nosso assunto... Na década de 1960 o Rotary de Itaúna foi fundado, senão pelos melhores, por alguns dos melhores e mais capazes cidadãos itaunenses[i] (listados para fins de registro ao final do texto).

Como poderiam imaginar nossos fundadores, há 55 anos, que hoje realizaríamos nossa primeira reunião rotária virtual, online!

Imaginem o espanto que teriam se disséssemos que cada um deles poderia, de sua própria casa, conversar com os demais companheiros utilizando um aparelho celular que também tira fotos, recebe e-mails, whatsapp, acessa conta bancária, realiza pagamentos, baixa aplicativos... e que também serve para falar (!); pois sim... penso que muitas vezes o que menos fazemos com nosso smartphone é utilizá-lo como um simples telefone...!

E vamos imaginar ainda, aqueles distintos senhores, vestindo seus ternos, aparando bigodes e sentando-se solenemente à mesa do escritório para realizarem uma reunião virtual.

Tudo muito diferente do que fizemos hoje! Nos reunimos no conforto de nossos lares, com alguns cônjuges aparecendo no vídeo para dar boa noite, outros com uma taça de vinho ou cerveja nas mãos, no sofá, mesa da sala ou da cozinha, teve de tudo. E o melhor, aproveitamos bem nosso tempo e matamos a saudade que nos apertava.

Temos que nos adaptar ao momento em que vivemos, contornar nossos medos e nossa ansiedade. A única coisa nesta vida podemos ter controle é da nossa reação ao ambiente que nos cerca. São escolhas de agir sobre algo e reagir à algo.

Nem sempre (ou na maioria das vezes) temos controle de nossa vida. Porém, quase nunca lembramos disto. Pensamos sermos senhores de nossos destinos. E ainda somos rotarianos! Representamos o mais alto ideal de servir, de sermos representantes em nossas profissões, ajudamos a estabelecer a paz e boas relações entre os povos. Mas pessoalmente hoje me sinto frustrado, inseguro e impotente.

Por um momento acreditamos ter leme da vida em nossas mãos, que conseguimos direcionar nossas vidas e calcularmos, com certa precisão, nosso futuro. Ledo engano. Aí nos deparamos com um microscópico vírus para nos provar exatamente o contrário.

Não podemos controlar nossas vidas, portanto, não há controle sobre o oceano em que navegamos neste instante. E se não há como controlar a tempestade pela qual passamos, que possamos ter serenidade suficiente para seguir firme e aceita-la, faze-la nossa companheira e aprendermos muito sobre como navegar em mares desconhecidos. O provérbio indiano nos lembra que “águas mansas não fazem bons marinheiros”.

É impossível prever quanto tempo durará a suspensão de nossas reuniões presenciais. Decidimos por bem suspendê-las bem antes de qualquer proibição a nível municipal ou estadual, mas estamos cientes de que nossas reuniões apenas poderão retornar quando for liberado por nossos Governantes a “aglomeração de pessoas em recintos fechados”.

E não há como negar, seguindo dados estatísticos do Rotary em todo o mundo, que nossos clubes são formados em grande parte por um dos grupos de risco - idosos. Então sabemos que mesmo que as reuniões sejam liberadas nas próximas semanas, ou meses, nossa frequência presencial tende a não se manter alta.

Teremos que nos reinventar. O companheirismo tão disseminado por Rotary é uma das chaves para enfrentarmos o isolamento social. Se não podemos nos encontrar pessoalmente, que o façamos de modo virtual. Se não podemos dar um abraço afetuoso, que o façamos por vídeo e por emojis.

Assim como nos idos de 1963, hoje também tivemos nossas dificuldades. Nem todos os companheiros conseguiram se conectar, outros acessavam pela primeira vez o aplicativo de reuniões online, alguns perderam o horário, e ao final nossa reunião foi encerrada em decorrência do tempo disponibilizado gratuitamente pelo aplicativo “Zoom”. Foram quarenta minutos que passaram muito rapidamente.

Mas também não nos deixaremos vencer pela tecnologia, assim como não se deram por vencidos nossos fundadores, mas na época pela ausência da tecnologia. Vamos alterar nosso aplicativo até que possamos encontrar um que seja de fácil acesso a todos, tentaremos o Skipe, Google Hang Out, etc, pois nossa intenção é manter mais acessa que nunca, neste momento, a chama do companheirismo, sendo esta a nossa maior força motriz.

Nosso fundador Paul Harris em inúmeros pronunciamentos caracterizou o companheirismo como “algo maravilhoso que ilumina as sendas da vida e espalha alegria. É a pedra fundamental sobre a qual o Rotary foi criado.” É um sentimento de afeto solidário, de carinho, amabilidade, compreensão e solidariedade que reflete toda a filosofia rotária.

Não deixemos faltar companheirismo em nossos lares. Que este sentimento seja uma constante em nossas vidas e de nossos familiares, não apenas enquanto perdurar o isolamento social, mas principalmente nesta difícil época.

Se no ano de 2019-20 “o Rotary conecta o mundo”, vamos levar ao “pé da letra” nosso lema rotário e vamos nos conectar virtualmente com nossos companheiros, já que não podemos faze-lo pessoalmente. Fazendo isto estaremos prontos para o ano rotário 2020-21pois abriremos oportunidades nunca antes imaginadas.

E lembremos que “não há bem que sempre dure, nem mal que nunca se acabe”. De hora em hora, Deus melhora!

 

 

“Para tornar realidade o seu destino, o Rotary deverá ser evolutivo e, em algumas ocasiões, revolucionário”. Paul Percy Harris.

  

Por Henrique Rocha Penido. Associado do Rotary de Itaúna – Distrito 4560.

Presidente no clube no ano de seu cinquentenário – ano rotário 2014-15.

Itaúna/MG, 26 de março de 2020.

 

 

Para fins de registro, listamos ao final os companheiros que participaram da primeira reunião virtual/online do Rotary de Itaúna [ii].

Para registro histórico, o Rotary International “está monitorando de perto a pandemia de covid-19, causado pelo novo coronavírus, e avaliando continuamente seu possível impacto em nossas operações, eventos e associados”. Em sua página [iii] na rede mundial de computadores o Rotary detalha a suspensão da Conferência Mundial, sugere que os clubes se reúnam virtualmente, detalha os procedimentos a serem realizados pelos bolsistas e intercambistas, além de explicar e estimular a utilização de subsídios para combater a pandemia de covid-19 e auxiliar as pessoas afetadas através da Fundação Rotária.


 

[i]     NOGUEIRA, Guaracy de Castro. História do Rotary de Itaúna. Disponível em <http://www.rotarydeitauna.com.br/rotarydeitauna_historia.html> . Acesso em 26/03/2020 às 21:30 horas. E o quadro de fundadores do Rotary de Itaúna em 1965 ficou assim organizado: 01-Antônio Augusto de Lima Coutinho; 02-Affonso de Cerqueira Lima; 03-Augusto Carneiro; 04-Achilles Ferreira; 05-Antônio Dornas de Lima; 06-Dalmo Lúcio de Lima Coutinho; 07-Geraldo dos Santos; 08-Getúlio Geraldo de Oliveira Penido; 09-Godofredo Gonçalves de Sousa; 10-Guaracy de Castro Nogueira; 11-Hélio Carneiro da Silva; 12-Ibsen Drumond; 13-Hely Gonçalves de Sousa; 14-Ítalo Nolasco Myrrha; 15-Jadir Marinho de Faria; 16-José Diniz Camargos; 17-Lauro Antunes de Morais; 18-Lincoln Ferreira; 19-Ladário Guimarães Camargos; 20-Mário Diniz; 21-Nabor Antunes de Freitas; 22-Raimundo Rodrigues Guimarães; 23-Oscar Ferreira Fraga; 24-Plínio Santos Oliveira; 25-Sylla Franco; 26-Waldemar Gonçalves de Sousa; 27-Virgílio Gonçalves de Sousa; 28-Tomaz Moreira de Anadrade; 29-Ildeu Guimarães de Oliveira; e 30-Hércio Kosky Antunes.

 [ii]  Rotary de Itaúna. Primeira reunião virtual ocorrida em 26/03/2020 às 19:30 horas. Participaram: 01- José Márcio Machado de Oliveira Lara (Presidente 2020-21); 02- Patrícia Gonçalves Nogueira (Governadora 2001-02 do Distrito 4560); 03 – Henrique Rocha Penido; 04- Hélcio Nogueira dos Santos; 05- José Antônio Dairel; 06 – Dagmar de Lourdes Barbosa Soares; 07- Ricardo Luis Bento; 08- Wellington Henrique Ribeiro; 09- Jorge Vasconcelos dos Reis; 10- Fabrício José de Oliveira (reabertura da reunião – “2º tempo”); 11- Virgínia Gonçalves Nogueira (sócia honorária). Tentaram acesso via aplicativo mas não conseguiram: Irdevan Nogueira Júnior, Leonardo Santos Rosemburg e Danielle Soares da Silva.

 [iii] O Rotary está monitorando o impacto do coronavírus. Disponível em <https://www.rotary.org/pt/rotary-monitors-coronavirus-outbreak> . Acesso realizado em 26/03/2020 às 22:20 horas.